the nighthawks

the nighthawksEm Washington, DC, no ano de 1972, a banda ‘The Nighthawks’ foi formada, pelo gaitista e vocalista Mark Wenner e pelo guitarrista Jimmy Thackery. Após inúmeras mudanças de pessoal, o line-up se consolidou em 1974, com o baixista Jan Zukowski e o baterista Pete Ragusa. O som era o clássico blues de Chicago das lendas como Muddy Waters e Howlin’ Wolf, e a banda rapidamente encontrou um público ávido que incluía talentos como os guitarristas Roy Buchanan e Danny Gatton. Com o tempo, a banda incluiu elementos do soul e rockabilly, uma mistura de rock e música country, e se tornou uma das bandas que mais se apresentava ao vivo, regularmente 300 shows por ano. A química da banda no palco era incendiária, e normalmente nas aberturas eles se apresentavam com artistas como Muddy Waters, James Cotton e John Hammond.

Com arranjos fortes, mas simples, abrangendo uma variedade de influências e estilos musicais, principalmente clássicos do blues, juntamente com duas canções contemporâneas, a banda lançou seu primeiro álbum, ‘Rock 'n’ Roll’, em 1975, quando Billy Hancock tentou ressuscitar o selo 'Aladdin'. O álbum incluía covers dos Rolling Stones e Sonny Boy Williamson e o primeiro single foi a famosa música de Elmore James, ‘Red Hot Mama’. Foi uma estréia muito boa, mas infelizmente a gravadora não tinha recursos para promover o disco. ‘Rock 'n’ Roll’ mal tinha atingido as ruas e a banda voltou ao estúdio de outra gravadora para gravar ‘Open All Nite’, uma coleção de músicas clássicas do blues. Não satisfeitos com os resultados iniciais, voltaram ao estúdio e regravaram o álbum que foi lançado em 1976. Uma ousadia, já que na época a disco music reinava suprema e o blues estava em baixa. E eles enfrentaram o desafio sendo uma banda de blues de brancos. O álbum recebeu críticas muito favoráveis e foi importante para a banda, expandindo os horizontes, levando à apresentações fora dos círcuitos de clubes e com turnês regulares em Boston, Nova York e Atlanta.

the nighthawksE na cena músical, 'The Nighthawks' lançou as bases para outros artistas similares que iriam acompanhá-los no início dos anos 80, incluindo ‘Fabulous Thunderbirds’, Stevie Ray Vaughan e George Thorogood de quem se tornariam amigos e tocariam juntos com ‘George Thorogood & the Destroyers’. Antes do lançamento de ‘Open All Nite’, realizaram uma transmissão de rádio ao vivo, no clube 'Delly Psique', em Bethesda, Maryland, um espetáculo que seria lançado no final de 1976. A banda continuaria liberando uma sequência de álbuns até o final da década, com canções originais, entre os habituais covers, além de uma série memorável de turnês. Em 1979, foram convidados para gravar com o bluesman John Hammond. Devido ao sucesso de seus shows ao vivo e álbuns aclamados, a banda assinou com a gravadora ‘Mercury Records’ e lançou um álbum auto-intitulado em 1980 e em seguida ‘Ten Years Live’ em 1982. E aconteceu a primeira viagem da banda à costa oeste, abrindo vários shows de Muddy Waters. E na década de 80 para a Europa e Japão criando um público fiel no exterior.

the nighthawksO período entre 1984 e 1994 viria a ser um período tumultuado, mas ainda satisfatório. Em 1984 a banda adicionou o tecladista Gregg Wetzel, mas em 1986 perderia o guitarrista e fundador Jimmy Thackery que seguiria carreira solo. Antes de sair, porém, a banda deu início à longa turnê ‘Farewell For Now’ com John Lee Hooker, Charlie Musselwhite e Robert Cray. As gravações foram esporádicas ao longo dos anos 80, com lançamento de apenas dois álbuns, mas as turnês continuaram fortemente ao longo dos anos. Durante este período o gaitista e vocalista, e também fundador da banda, Mark Wenner, gravou sozinho acompanhado da banda ‘Bel Airs’. Em meados da década de 90, o estilo da banda de rock blues de raiz voltaria após uma década de hair metal, grunge e rock alternativo. Em 1995, um novo membro juntou-se a banda, Pete Kaneras, e voltaram a contar novamente com os talentos de produção de Steuart Smith. O resultado foi ‘Pain & Paradise’. Com sonoridade suave, mas um poderoso blues, o álbum está entre as melhores gravações de estúdio. Nos anos seguintes, Mark Wenner, Jan Zukowski e Pete Ragusa se juntaram a uma série de guitarristas, incluindo Jimmy Nalls, Warren Haynes, e Solberg Jim. E a banda lançou uma série de álbuns durante esta década. No novo milênio sofreram outra mudança de pessoal com a aposentadoria de Jan Zukowski substituído pelo baixista e vocalista Johnny Castle e na guitarrista Paul Bell. Foi com esse line-up que gravaram dois discos ao vivo: ‘Blue Moon In Your Eye’ e ‘American Landscape’. Em 2010, a banda lançou o acústico ‘Last Train From Bluesville’. Seguiu-se a saída de Pete Ragusa sendo substituído pelo veterano Mark Stutso.

the nighthawks - rock 'n' roll (1974)    the nighthawks - open all nite (1976)

Rock ’n’ Roll (1974)    |    Open All Nite (1976)

Rock ’n’ Roll
01. Red Hot Mama (Fine Little Mama) 02. Can't Get Next To You 03. Keep Cool 04. Bring It On Home 05. Tell The Truth 06. Stop Breakin' Down 07. Shake And Finger Pop 08. Bright Lights 09. Little Sister 10. Heat Wave 11. Memo From Turner 12. Teenage Nervous Breakdown

Open All Nite
01. Nine Below Zero 02. Help Me 03. Shake Your Money Maker 04. Big Boss Man 05. Little By Little 06. Madison Blues 07. Next Time You See Me 08. That’s Alright 09. Long Distance Call 10. Red Hot Mama

the nighthawks - ten years live (1983)    the nighthawks - pain & paradise (1996)

Ten Years Live (1982)    |    Pain & Paradise (1995)

Ten Years Live
01. Introduction/Metropolitan Avenue 02. Guard Your Heart 03. Push and Shove 04. Jenny Lou 05. Moving up in Class 06. If You Go 07. Back Stabbing Woman 08. Destination 09. No Secrets/Exit

Pain & Paradise
01. Trouble Comin’ Every Day 02. Shade Tree Mechanic 03. Same Thing 04. The Soul of a Man 05. High Temperature 06. Pain & Paradise 07. Is Love Enough 08. Trouble on the Way 09. I Told You So 10. Snap It

The Nighthawks  - Jacks & Kings Vol. I & II (1978)    the nighthawks - backtrack (1988)

Jacks & Kings Vol. I & II (1978)    |    Backtrack (1988)

Jacks & Kings Vol. I & II
01. For You, My Love 02. Come Baby 03. Love Me or Leave Me 04. Dust My Broom 05. (Thank You) Sugar Mama 06. The Sky Is Crying 07. Pinetop’s Boogie Woogie 08. Floyd’s Guitar Blues 09. Walkin’ by Myself 10. Little Queenie 11. Born in Chigago 12. Anna Lee 13. Two Bugs & a Roach 14. Lickin’ Gravy 15. Sea Cruise 16. Nervous Breakdown 17. Rockin’ the Boogie 18. After Hours 19. Mother-in-Law Blues 20. Gotta Get My Baby Back

Backtrack
01. Backtrack 02. Pretty Girls And Cadillacs 03. Screamin' And Cryin' 04. Pinetop's Boogie Woogie 05. On My Job 06. Sugar Mama 07. Hip Shake Mama 08. Sad And Lonesome 09. Nine Below Zero

the nighthawks - american landscape (2009)

American Landscape (2009)

Tracklist
01. Big Boy 02. Down in the Hole 03. She Belongs to Me 04. Matchbox 05. Where Do You Go 06. Try It Baby 07. Jana Lea 08. Made Up My Mind 09. Don't Turn Your Heater Down 10. Most Likely You Go Your Way and I'll Go Mine 11. Standing in the Way 12. Fishin' Hole Theme

the nighthawks - woke up this morning



2 comentários:

Malu disse...

Amiga, e nós estamos por aqui a lhe dar forças, pois seu trabalho é primoroso e você sabe o que posta e o que diz... Fico triste com tais atitudes. Tem tanta coisa errada por aí. Porque não vão procurar terroristas (de verdade)pois só caçam quem mexe com cultura e amplia as mentes... Essa turma se conhecesse e curtisse música não fariam o que estão fazendo. Você está a prestar um excelente serviço para todas essas estrelas que passam por aqui e faz um trabalho de difusão que poucos fazem, nem mesmo eles... Foraça e SUCESSO!!!!

mara* disse...

Muito obrigada pela força amiga, se não fossem os amigos que aqui fiz e que me incentivam a ir em frente e o amor à música, eu teria desistido, mas persisto.

Um forte abraço carinhoso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...