ben webster

Ben WebsterBen Webster é considerado, juntamente com Lester Young e Coleman Hawkins, sua principal influência, um dos três grandes tenores do swing. E será sempre lembrado como um dos músicos de jazz mais clássicos de todos os tempos. As principais características que chamam a atenção no som de Webster são a agressividade exibida nos blues rápidos quanto o romantismo demonstrado nas baladas. Essas duas faces de sua música correspondiam, segundo os que lhe eram próximos, aos dois pólos que coexistiam em sua personalidade, ora irascível, ora cordial. As baladas lentas, executadas de forma lânguida e expressiva, foram o gênero que Ben passou a privilegiar com o passar dos anos, e pelo qual ficaria famoso. Benjamin Francis Webster nasceu em Kansas City, Missouri em 1909 e quando criança teve aulas de violino e aprendeu a tocar blues no piano com seu vizinho Pete Johnson e logo depois estava tocando para filmes mudos em Amarillo, Texas. Estudou música na Wilberforce University e em 1930, intrigado com o saxofone depois que ouviu ‘Singin' the Blues’ com Frankie Trumbauer, ele encontrou Budd Johnson, que lhe mostrou algumas noções básicas do instrumento. E não muito tempo depois foi tocar saxofone na banda da família de Lester Young onde teve mais algumas dicas com Lester e seu pai.

Ben Webster, Billie Holiday, Johnny Russell (1935)    Ben Webster, Eddie Barefield, Buck Clayton, Benny Morton (1947)

Ben Webster, Billie Holiday, e o saxofonista e clarinetista Johnny Russell, atrás um guitarrista desconhecido que pegou carona na foto (Harlem, 1935); Ben Webster, o saxofonista e clarinetista Eddie Barefield, o trompetista Buck Clayton, e o trombonista Benny Morton (1947)

Com o tempo se destacou nas bandas sulistas de Gene Coy e Blanche Calloway com quem fez a sua estréia em disco antes de ingressar como solista na orquestra de Bennie Moten tornando-se uma das estrelas de 1932. Durante toda a década de 30 tocou nas big bands de Fletcher Henderson, Benny Carter, Cab Calloway, Bryant Willie e Teddy Wilson. Mas, a sua maior ambição era tocar com Duke Ellington o que aconteceu quando o clarinetista e saxofonista tenor Barney Bigard tirou férias em 1935 e assim, Webster teve a oportunidade de fazer parte da banda, apenas por duas ou três semanas já que Barney voltou e Webster teve que sair. Mas, em 1940, entrou em caráter permanente para a orquestra, tornando-se o primeiro grande solista de sax tenor de Ellington, e participou de gravações famosas, como ‘All too soon’ e ‘Cotton Tail’, que além de seu solo memorável teve um solo de saxofones organizado por ele. Duke Ellington o ajudou a encontrar o seu próprio estilo, deixando de ser um clone de Coleman Hawkins. Embora tenha permanecido na orquestra apenas por três anos, tornou-se muito popular e passou a ser um paradigma para a maioria dos jovens saxofonistas, que procuravam imitá-lo.

Duke Ellington, Ben Webster, Jimmy Hamilton (1948)    Ben Webster & Kenny Drew Trio (1965)

Duke Ellington, Ben Webster, Jimmy Hamilton (1948); Ben Webster & Kenny Drew Trio: Alex Riel na bateria; Kenny Drew no piano e Niels-Henning Ørsted Pedersen no baixo (Copenhagen - 1965)

Depois de deixar a orquestra de Ellington, tocou com grupos pequenos, tanto na função de líder como acompanhando músicos como Stuff Smith, Red Allen, Raymond Scott, John Kirby e Sidney Catlett. E em New York ouviu emocionado Charlie Parker pela primeira vez. Voltou a se juntar a Ellington por um breve período, em 1948-1949. Em 1953-54 fez a primeira turnê com o ‘Jazz At The Philharmonic’, título de uma série de concertos de jazz, turnês e gravações produzidas pelo empresário e produtor Norman Granz, uma figura fundamental no jazz norte-americano e fundador de cinco gravadoras: Clef, Norgran, Down Home, Verve e Pablo.

Charles Mingus e Ben Webster    Abbey Lincoln e Ben Webster (1966)

Charles Mingus e Ben Webster; Abbey Lincoln e Ben Webster (1966)

Apesar da música de Ben Webster ser considerada fora de moda nessa década, o saxofone de Webster em baladas, tocadas com calor e sentimento, se tornou bastante popular e Norman Granz gravou com ele em muitas sessões. Nessa mesma década, Webster gravou com Billie, Peggy Lee, Ella e Carmen McRae. Gravou também com Art Tatum, em 1956, apoiado pelo baixista Red Callender e o baterista Bill Douglass. Tocou de forma constante até 1964 quando se mudou permanentemente para Copenhagen, Dinamarca, para se juntar a outros músicos de jazz norte-americanos. Como músico expatriado tocava em shows, festivais e excursionou pela Europa desfrutando de grande popularidade. Tocou e gravou à vontade, seja com músicos locais, seja com músicos americanos. Faleceu em Amsterdam, Holanda, em 1973. Após a sua morte, foi criado o ‘Ben Webster Foundation’ para apoiar a divulgação do jazz na Dinamarca. E o prêmio anual ‘Ben Webster Prize’ é atribuído a jovens músicos excepcionais. A coleção particular de Webster de gravações de jazz esta arquivada no departamento de música da biblioteca da Universidade do Sul da Dinamarca em Odense.

ben webster - cotton tail
(duke ellington and his famous orchestra)


‘Three Classic Albums’ contém três grandes álbuns em dois CDs: ‘Soulville’, de 1957, e ‘Ben Webster Meets Oscar Peterson’ de 1959, ambos gravados com o trio do pianista canadense Oscar Peterson, com Herb Ellis na guitarra, Ray Brown no baixo, Stan Levey na bateria (no álbum ‘Soulville’) e Ed Thigpen na bateria do álbum ‘Ben Webster Meets Oscar Peterson’; e ‘Ben Webster & Associates’, também gravado em 1959, logo após a morte de Lester Young. Ben Webster é acompanhado por Coleman Hawkins e Johnson Budd, dois dos grandes nomes do sax tenor. O trompetista Roy Eldridge também está presente. E a seção rítmica é composta pelo pianista Jimmy Jones, o guitarrista Les Spann, o baixista Ray Brown e o baterista Jo Jones.

‘Big Ben’ contém gravações iniciais de Ben Webster como membro das bandas de Blanche Calloway, Bennie Moten, Teddy Wilson e Duke Ellington e com outros grupos, tanto como bandleader. Contém 98 faixas de Ben Webster nas décadas de 30 e 40 com os maiores músicos da época incluindo Duke Ellington, o trombonista Jack Teagarden, e o pianista e guitarrista Gaillard Slim.

ben webster - big ben (2002)

Big Ben (2002)
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4

CD 1: Cotton Tail
01. Blanche Calloway And Her Joy Boys - Without That Gal
02. Bennie Moten's Kansas City Orchestra - Toby
03. Bennie Moten's Kansas City Orchestra - The Blue Room
04. Fletcher Henderson And His Orchestra - Happy As The Day Is Long
05. Fletcher Henderson And His Orchestra - Hotter Than 'ell
06. Benny Carter And His Orchestra - Dream Lullaby
07. Benny Carter And His Orchestra - Everybody Shuffle
08. Bob Howard And His Orchestra - The Ghost Of Dinah
09. Willie Bryant And His Orchestra - Rigamarole
10. Teddy Wilson And His Orchestra - What A Little Moonlight Can Do
11. Teddy Wilson And His Orchestra - A Sunbonnet Blue
12. Willie Bryant And His Orchestra - The Voice Of Old Man River
13. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Truckin'
14. Duke Ellington And His Orchestra - In A Jam
15. Cab Calloway And His Orchestra - The Wedding Of Mr And Mrs Swing
16. Teddy Wilson And His Orchestra - Easy To Love
17. Teddy Wilson And His Orchestra - I'll See You In My Dreams
18. Fletcher Henderson And His Orchestra - Sing You Sinners
19. Lionel Hampton And His Orchestra - Early Session Hop
20. Teddy Wilson And His Orchestra - 71
21. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Solitude
22. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Congo Brava
23. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Cotton Tail
24. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Bojanges (A Portrait Of Bill Robinson)

CD 2: All too soon
01. Duke Ellington And His Famous Orchestra - All Too Soon
02. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Sepia Panorama
03. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Chloe (Song Of The Swamp)
04. Rex Stewart And His Orchestra - Linger Awhile
05. Duke Ellington And His Orchestra - Stardust
06. Barney Bigard And His Orchestra - Lament For Javanette
07. Jack Teagarden's Big Eight - St. James Infirmary
08. Jack Teagarden's Big Eight - The World Is Waiting For The Sunrise
09. Jack Teagarden's Big Eight - Big Eight Blues
10. Jack Teagarden's Big Eight - Shine
11. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Blue Serge
12. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Just A-Settin' And A-Rockin'
13. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Five O'clock Drag
14. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Chelsea Bridge
15. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Perdido
16. Duke Ellington And His Famous Orchestra - The C Jam Blues
17. Slim Gaillard & His Flat Foot Floogie Boys - Palm Springs Jump
18. Slim Gaillard & His Flat Foot Floogie Boys - Ra-Da-Da-Da
19. Slim Gaillard & His Flat Foot Floogie Boys - Groove Juice Special
20. Duke Ellington And His Famous Orchestra - Main Stem
21. Ben Webster Quintet - Woke Up Clipped
22. Ben Webster Quintet - Teezol
23. Ben Webster Quintet - 'Nuff Said

CD 3: 52nd Street Days
01. Ben Webster Quintet - The Horn
02. Ben Webster Quintet - Dirty Deal
03. Ben Webster Quintet - Don't Blame Me
04. Ben Webster Quintet - I Surrender Dear
05. Ben Webster Quintet - Tea For Two
06. Woody Herman And His Orchestra - Noah
07. Woody Herman And His Orchestra - Cryin' Sands
08. James P. Johnson's Blue Note Jazzmen - Victory Stride
09. James P. Johnson's Blue Note Jazzmen - After You've Gone
10. Cozy Cole All Stars - Joshua
11. Cozy Cole All Stars - Talk To Me
12. Cozy Cole All Stars - Body And Soul
13. Big Sid Catlett Quartet - Sleep
14. Big Sid Catlett Quartet - Linger Awhile
15. Big Sid Catlett Quartet - Memories Of You
16. Big Sid Catlett Quartet - Just A Riff
17. Walter Thomas And His Jump Cats - Blues On The Delta
18. Ben Webster Quartet - Honeysuckle Rose
19. Ben Webster Quartet - I Surrender Dear
20. Ben Webster Quartet - Blue Skies
21. Ben Webster Quartet - Kat's Fur
22. Benny Morton All Stars - My Old Flame
23. Benny Morton All Stars - The Sheik Of Araby

CD 4: Stardust
01. Benny Morton All Stars - Conversing In Blue
02. Benny Morton All Stars - Limehouse Blues
03. Woody Herman All Stars - John Hardy's Wife
04. Ben Webster and his Orchestra - The Jeep Is Jumpin'
05. Ben Webster and his Orchestra - I Got It Bad (And That Ain't Good)
06. Ben Webster and his Orchestra - Dark Corners
07. Ben Webster and his Orchestra - Blues, Mister Brim
08. Ben Webster Quintet - Frog And Mule
09. Ben Webster Quintet - Spang
10. Ben Webster Quintet - Doctor Keets
11. Ben Webster Quintet - Park And Tilford Blues
12. Tony Scott Sextet - You're Only Happy When I'm Blue
13. Jay McShann and his Orchestra - New Style Baby
14. Jay McShann and his Orchestra - Let's Love Awhile
15. Jay McShann and his Orchestra - Nasty Attitude
16. Jay McShann and his Orchestra - Slow Down Baby
17. Jay McShann and his Orchestra - The Duke And The Brute
18. Jay McShann and his Orchestra - Reach
19. Johnny Otis and his Orchestra - One O'Clock Jump
20. Johnny Otis and his Orchestra - Stardust
21. Ben Webster Sextet - Randle's Island
22. Ben Webster Sextet - Old Folks
23. Ben Webster Sextet - King's Riff
24. Ben Webster Sextet - You're My Thrill

ben webster - three classic albums (2011)

Three Classic Albums (2011)
CD 1    CD 2

Tracklist: Soulville (1957)
01. Soulville 02. Late Date 03. Time On My Hands 04. Lover Come Back To Me 05. Where Are You? 06. Makin' Whoopee 07. Ill Wind

Tracklist: Ben Webster Meets Oscar Peterson (1959)
08. The Touch Of Your Lips 09. When Your Lover Has Gone 10. Bye-Bye Blackbird 11. How Deep Is The Ocean? 12. In The Wee, Small Hours Of The Morning 13. Sunday 14. This Can't Be Love

Tracklist: Ben Webster And Associates (1959)
15. In A Mellow Tone 16. De-Dar 17. Young Bean 18. Time After Time 19. Budd Johnson

8 comentários:

Mariposo-L disse...

Mara não conhecia ele, mas o cara só tem "cobra" do lado dele , vou pegar o cd para conhecer :)

Já que vc sitou Swing, semana passada fui ver Swingout Sister foi D+ adorei :)

Quinta feira vou colocar o passo a passo para fazer o cadastro no Goolge Music :)

Abraços :)

webmaster disse...

Great song.

Black Friday S95

Edison Junior disse...

Que ótimo! Sax é sempre muito bom. E Ben Webster é 10!

mara* disse...

Não sou fã de música pop, mas 'Swing out Sister' com pitadas jazzísticas e influência de bossa nova me agrada.

Aguardo o passo a passo do Google Music, sou uma mula nessas novidades.

Um beijão ;)

Ziza's N.E.M. disse...

daí ser cepticista e não perceber porque raio tento transparecer tanta positividade se no fim de contas não sinto nenhuma. É por estas e por outras que já nem me sinto à vontade para descrever-me interiormente.

Dia 28 é o dia que faço anos ><

mara* disse...

E tudo em nós não mais se faz, num momento de ceticismo absoluto. Beijos Ziza.

fbarth disse...

Mara, infelismente o CD 2 parte II foi deletado.

mara* disse...

link corrigido barth. bjs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...