jazz ballads: 01-02

Jazz Ballads 01: Chet Baker & Gerry Mulligan
Jazz Ballads 02: Ben Webster

Chet BakerChet Baker, trompetista e cantor, depois de tocar em bandas do exército, atraiu a atenção durante os seus embates musicais com Charlie Parker e Gerry Mulligan em 1952 e 1953. As gravações como ‘My Funny Valentine’, com sua abordagem frágil como vocalista, se reflete no seu estilo no trompete. Grande parte de sua carreira, interrompida várias vezes por problemas decorrentes da dependência de drogas, foi na Europa. Periodicamente, recebendo elogios da crítica durante uma carreira errática devido ao vício e outros problemas pessoais, Chet Baker foi uma força fundamental por trás do cool jazz, um movimento que surgiu no final da década de 40 em Nova Iorque e ganhou popularidade na década de 50. Um de seus maiores representantes foi o músico Miles Davis. O estilo caracteriza-se por ser, na maioria das vezes, uma música mais lenta e mais melancólica. Chet Baker produziu solos com uma beleza introspectiva que sintetizou a sensibilidade do estilo cool. Estabeleceu sua reputação primeiramente como trompetista tocando com o quarteto de Gerry Mulligan, em seguida, como instrumentista e cantor por conta própria. Sua aparência, semelhante ao ídolo James Dean, e seu tom de voz suave e gentil ajudaram a garantir a sua popularidade e fez dele um símbolo do cool jazz.

Gerry MulliganGerry Mulligan, saxofonista, compositor, arranjador e maestro, era também um hábil pianista e tocava vários instrumentos de sopro. Foi um dos músicos de jazz mais respeitados e admirados. Gerry Mulligan, na época, era o rei indiscutível do saxofone barítono e também se tornou um dos expoentes mais conhecidos do jazz cool e desempenhou um papel significativo na evolução do estilo como instrumentista, compositor e arranjador. Trabalhou como arranjador na banda de Gene Krupa e depois com figuras lendárias como Louis Armstrong, Count Basie, Duke Ellington, Billie Holliday, Lester Young, Miles Davis e Jack Teagarden. Os pontos altos de sua carreira inclui o grupo experimental concebido no final de 1940 por Gil Evans, que levaram à gravação marco de ‘Birth of the Cool’, sob a liderança de Miles Davis. Em 1952 ele formou um quarteto com sede na Califórnia e era famoso pela falta de um piano e pela presença marcante do trompetista Chet Baker. Mulligan também ajudou a renovar o interesse no jazz das big band que ele formou nos anos 60.

Ben WebsterBen Webster foi um saxofonista tenor influenciado por Coleman Hawkins e Johnny Hodges. Seu tom de voz sensual foi uma de suas marcas registradas, e ele se tornou um dos intérpretes mestres das baladas de jazz. Ben Webster foi considerado um dos ‘três grandes’ tenores juntamente com Coleman Hawkins, sua principal influência, e Lester Young. Após as aulas de violino quando criança, Webster aprendeu a tocar piano e seu vizinho Pete Johnson lhe ensinou a tocar blues. Mas, trocou o violino e o piano pelo saxofone depois que Budd Johnson lhe mostrou algumas noções básicas. Ele teve passagens pelas bandas de Jap Allen e Blanche Calloway, com quem fez sua estréia em disco, antes de ingressar na orquestra de Bennie Moten a tempo de ser uma das estrelas em 1932. Em 1940, tornou-se o primeiro grande tenor solista da banda de Duke Ellington e no três anos seguintes, ele estava em muitas gravações famosas, como ‘Cotton Tail’ com seu solo memorável, e ‘All Too Soon’. Depois de deixar Ellington em 1943 trabalhou como líder e sideman em várias bandas e excursionou até a década de 50 com a ‘Jazz at the Philharmonic’ organizada pelo produtor Norman Granz. Em 1964 mudou-se definitivamente para Copenhagen.


Jazz Ballads 1: Chet Baker & Gerry Mulligan
CD 1
01. Lullaby of the Leaves
02. My Funny Valentine
03. Moonlight in Vermont
04. Cherry
05. Makin’ Whoopee
06. The Nearness of You
07. Moonlight Becomes You
08. Lullaby of the Leaves
09. But Not For Me
10. I Get Along Without You
11. Laura
12. I Married an Angel
13. Love Walked In
14. You Better Go Now
15. My Funny Valentine
16. Song for Johnny Hodges

CD 2
01. My Funny Valentine
02. My Old Flame
03. Why Shouldn’t I?
04. You Don’t Know What Love Is
05. These Foolish Things
06. I Fall In Love Too Easily
07. What a Difference a Day Made
08. The Wind
09. I Love You
10. Speak Low
11. The Nearness of You
12. Makin’ Whoopee
13. Moonlight in Vermont
14. Lullaby of the Leaves
15. Line for Lions

Jazz Ballads 02: Ben Webster
CD 1
01. That’s All
02. Willow Weep For Me
03. Just A-sittin’ And A-rockin’
04. Don’t Blame Me
05. My Funny Valentine
06. ’Nuff Said
07. Imagination
08. All Too Soon
09. It Happens To Me
10. Do Nothin’ Till Your Heart From Me
11. I Surrender Dear
12. Come Rain Or Come Shine
13. Blue Serge
14. Sophisticated Lady
15. Allmost Lik Beeing In Love
16. You’re Mine, You!
17. Chelsea Bridge

CD 2
01. Danny Boy
02. Until Tonight
03. Tenderly
04. Don’t Take Your Love From Me
05. Memories Of You
06. All Too Soon
07. Kat’s Fur
08. Love Is Here To Stay
09. My Greatest Mistake
10. You’re Only Happy When I’m Blue
11. Prelude To A Kiss
12. I Surrender Dear
13. What Am I Here For?
14. Love’s Away
15. Sepia Panorama
16. Don’t Get Around Much Anymore
17. Chelsea Bridge



Jazz Ballads 1:
Chet Baker & Gerry Mulligan

CD 1    CD 2

Jazz Ballads 1: Chet Baker & Gerry Mulligan

Jazz Ballads 2:
Ben Webster

CD 1    CD 2

Jazz Ballads 2: Ben Webster


5 comentários:

JustBeto disse...

Postagem maravilhosa. Obrigado!

eneias disse...

Pintando Música mostrando que tem muita bala na agulha!Esse foi de baixar com reverência,e vai ser de ouvir com toda a calma do mundo.
Aliás,sinceramente,não sei quanto tempo vou levar pra ouvir todos os discos,por enquanto ainda não consegui sair do Charlie Parker!
Toda vez que acabo de ouvi-lo resolvo rolar Summertime só mais uma vez,e ai já viu...Muito obrigado Mara,e tenha um ótimo fim de semana.

mara* disse...

Eneias, tenha todo o tempo do mundo, aliás jazz existe para esquecermos do tempo. Eu não consigo desgrudar de Chet e Billie.

Beto, volte sempre. A promessa é de um blusão para a semana vindoura.

Bom final de semana.

Marcio Aguiar disse...

Mara, vc é linda. Comecei a baixar a coleção jazz ballads e não consegui parar, fui até o final. É a coleção que eu sempre sonhei em ter. Músicas fantásticas, muito inspiradoras. Seu blog é simplesmente o máximo. Vc deve amá-lo. Sou seu fã e vc têm um assessor de imprensa full time. Um beijo enorme, Marcio

mara* disse...

Márcio querido, obrigada. Pelo 'linda'...rs....e principalmente pela sua visita e por divulgar o blog. Que bom que gostou! Esse é o meu objetivo, compartilhar com todos o que eu gosto de ouvir. Qualquer problema que vc tiver em algum link, por favor avise-me que será corrigido. O pessoal me ajuda muito fazendo isso.

Beijão grande.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...