champion jack dupree

champion jack dupreeQuando se trata de pianistas é realmente difícil comparar com outra cidade o número de talentos que Nova Orleans produziu. Durante a primeira parte do século 20, Tony Jackson e Jelly Roll Morton foram as estrelas locais de uma longa e distinta linhagem de pianistas seguidos depois por Kid Stormy Weather, Rock Sullivan, Tuts Washington, Professor Longhair, Bertrand Robert, James Booker entre outros. Talvez um dos maiores da cidade tenha sido o incomparável Champion Jack Dupree. Embora não tenha ficado grande parte de sua vida na cidade ele foi a personificação do blues de New Orleans e também um pianista de ‘boogie woogie’, um estilo de blues caracterizado pelo uso sincopado da mão esquerda ao piano. Champion Jack Dupree não era um músico ou cantor sofisticado, mas tinha um jeito irônico e inteligente com as palavras. Ele cantou sobre a vida, a prisão, sobre o vício da bebida e das drogas, embora ele próprio fosse um beberrão, mas não usasse outras drogas. Entre uma apresentação e outra Dupree foi também um contador de histórias e transformou muitas dessas histórias em canções. Em busca de uma alternativa que uma sociedade racista não lhe dava, Dupree deixou Nova Orleans, em primeiro lugar foi para as cidades do norte e depois para a Europa, apenas para voltar à sua cidade natal no crepúsculo de sua vida.

William Thomas Dupree era ainda uma criança quando seus pais foram mortos na casa onde moravam por um incêndio provocado pela Ku Klux Klan e foi enviado para o orfanato ‘New Orleans Home for Colored Waifs’, o mesmo orfanato para onde o jovem Louis Armstrong também tinha sido levado. Seu pai era do Congo Belga e sua mãe era descendente de africanos e cherokees. Ele deixou o orfanato aos 14 anos adotado por Olivia Gardner e rapidamente aprendeu os caminhos da rua e fã dos esportes foi introduzido no pugilismo em uma academia localizada na Rampart Street. Mas, foi mesmo no orfanato que Dupree conheceu o piano através de um padre italiano. Ele ampliou seus conhecimentos sob a tutela dos pianistas Tuts Washington e Willie Hall a quem chamava de pai e com quem aprendeu a canção ‘Junker's Blues’, um clássico que se tornou notório na interpretação de Jack Dupree. Tocando em bordéis e barrelhouses (bar ou salão) ele encontrou um outro jovem pianista, Roy Byrd, mais tarde conhecido como Professor Longhair, com quem fez um acordo para ensiná-lo a cantar em troca de aulas complementares sobre o piano.

champion jack dupree 1

As tensões raciais em New Orleans fizeram com que Dupree partisse para o norte estabelecendo-se em várias cidades diferentes ao longo dos anos: Detroit, Indianapolis e Chicago. Em Detroit, ele foi apresentado a Joe Louis, uma lenda do boxe que reacendeu em Dupree o seu interesse pelo esporte e o encaminhou para o ringue. Durante esse tempo como pugilista, Dupree ganhou o apelido de Champion Jack. Em 1940, ele voltou para o piano e rapidamente se tornou uma estrela da cena local de entretenimento como comediante e dançarino, assim como músico e atraiu a atenção do produtor de blues, Lester Melrose. Mas, em 1942, Dupree foi convocado para o serviço militar e foi enviado para o front do Pacífico, onde trabalhou como cozinheiro na Marinha. Ele acabou sendo capturado pelos japoneses, e passou dois anos como prisioneiro de guerra. Após a guerra, ele se mudou para New York, onde mais uma vez buscou a carreira como músico. Muito parecido com o guitarrista John Lee Hooker, Dupree não ligava muito para obrigações contratuais e gravou com uma série de apelidos diferentes. Em 1955, o hit ‘Walking the Blues’ em um dueto que fez com Teddy McRae ficou 11 semanas nas paradas.

champion jack dupree 2

Ainda assim, parecia que Dupree não conseguia escapar do preconceito e do racismo em qualquer lugar nos Estados Unidos. Finalmente no final de 1958, ele decidiu se mudar para a Europa e durante os 32 anos seguintes viveu em uma série de localidades: Suíça, França, Inglaterra, Dinamarca e Alemanha. Ele também gravou uma infinidade de álbuns maravilhosos durante este tempo para uma longa lista de rótulos europeus. Entre eles o que é considerado por muitos como sua obra-prima, ‘Blues From The Gutter’, um álbum de histórias de prostituição e uso de drogas e que incluiu vários clássicos. Em 1990, Champion Jack Dupree voltou para os Estados Unidos e sua cidade natal para o famoso ‘New Orleans Jazz and Heritage Festival’, foi sua primeira visita à cidade desde 1954 e ele era simplesmente a sensação do evento. Ele concordou em ficar o tempo suficiente para gravar o aclamado álbum ‘Back Home In New Orleans’, produzido por Ron Levy. A gravação mostrou a um público americano que, mesmo na idade de 79 anos, Dupree ainda tinha a voz poderosa e um talento impressionante no piano barrelhouse - uma forma antiga de jazz improvisado no piano e com ritmo acentuado - e que muitos haviam esquecido ao longo dos anos.

Champion Jack Dupree voltou para sua casa em Hanover, na Alemanha, onde morreu de complicações de câncer em 1992. Foi homenageado postumamente pela ‘Blues Foundation’, entrando para o ‘Hall of Fame’, juntamente com o álbum ‘Blues From The Gutter’ que foi selecionado como ‘Classic of Blues’. Dupree era um homem amoroso, divertido, irônico e envolvente músico apesar dos temas de suas canções e era conhecido por levantar e dançar ao mesmo tempo em que tocava o seu piano. Ele encontrou o sucesso em uma infinidade de profissões ao longo da sua vida: músico, boxer, cozinheiro e no final, até mesmo como pintor.

champion jack dupree - black cat shuffle



champion jack dupree - the complete blue horizon sessions (2005)

Complete Blue Horizon Sessions (2007)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. See My Milk Cow 02. Mr. Dupree Blues 03. Yellow Pocahontas (Extended Version) 04. Gutbucket Blues/Ugly Woman 05. Street Walking Woman 06. Income Tax 07. Roll On 08. I've Been Mistreated (Extended Version) 09. A Racehorse Called Mae 10. My Home's in Hell 11. How Am I Doing It 12. I Haven't Done No One No Harm 13. Street Walking Woman (alternate take) 14. Big Fat Woman 15. Whiskey, Look What You Done to Me 16. Going Down to the Blue Horizon 17. Juke Box Jump 18. Black Cat Shuffle

Tracklist CD 2
01. I Want to Be a Hippy 02. Grandma (You're a Bit Too Slow) 03. Puff Puff 04. Blues Before Sunshine 05. I'll Try 06. Going Back to Louisiana 07. Ain't That a Shame 08. Stumbling Block 09. Old and Grey 10. Who Threw the Whiskey in the Well 11. Postman Blues 12. Lawdy, Lawdy 13. Kansas City 14. Ba' la Fouche 15. Rub a Little Boogie 16. Black and White Blues 17. Drinkin' Wine Spo-Dee-O-Dee 18. The Shiek of Araby 19. You Make Me Feel Alright 20. Do the Boogie Woogie

champion jack dupree - early cuts (2009)

Early Cuts (2009)
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4

CD 1: Chicago 1940-41
01. Gamblin' Man Blues 02. Warehouse Man Blues 03. Chain Gang Blues 04. New Low Down Dog 05. Black Woman Swing 06. Cabbage Greens No. 1 07. Cabbage Greens No. 2 08. Angola Blues 09. My Cabin Inn 10. Bad Health Blues 11. That's All Right 12. Gibing Blues 13. Dupree Shake Dance 14. My Baby's Gone 15. Weed Head Woman 16. Junker Blues 17. Oh, Red 18. All Alone Blues 19. Big Time Mama 20. Shady Lane 21. Hurry Down Sunshine 22. Jackie P. Blues 23. Heavy Heart Blues 24. Morning Tea 25. Black Cow Blues

CD 2: Chicago, New York 1941-45
01. My Cabin Inn (alt) 02. Bad Health Blues (alt) 03. Gibing Blues (alt) 04. Dupree Shake Dance (alt) 05. My Baby's Gone (alt) 06. Jackie P Blues (alt) 07. Black Cow Blues (alt) 08. Jitterbug 09. Slow Boogie 10. Mexico Reminiscences 11. Too Evil To Cry 12. Clog Dance (Stomping Blues) 13. Rum Cola Blues 14. She Makes Good Jelly 15. Johnson Street Boogie Woogie 16. I'm Going Down With You 17. Fdr Blues 18. God Bless Our New President 19. County Jail Special 20. Fisherman's Blues 21. Black Wolf 22. Lover's Lane 23. Walkin' By Myself 24. Outside Man 25. Forget It Mama

Tracklist CD 3: New York 1945-49
01. You've Been Drunk 02. Santa Clause Blues 03. Gin Mill Sal 04. Let's Have A Ball 05. Going Down Slow 06. Hard Feeling 07. How Long, How Long Blues 08. Mean Old Frisco 09. I Think You Need A Shot 10. Bad Whiskey And Wild Woman 11. Bus Station Blues 12. Love Strike Blues 13. Wet Deck Mama 14. Big Legged Mama 15. I'm A Doctor For Women 16. Cecelia, Cecelia 17. Going Down To The Bottom 18. Fifth Avenue Blues 19. Highway 31 20. Come Back Baby 21. Chittlins And Rice 22. One Sweet Letter 23. Lonesome Bedroom Blues 24. Old Woman Blues 25. Mean Mistreatin' Mama 26. Featherweight Mama 27. Day Break

Tracklist CD 4: New York, Cincinnati 1951-53
01. Deacon's Party 02. My Baby's Comin' Back Home 03. Just Plain Tired 04. I'm Gonna Find You Someday 05. Goin' Back To Louisiana 06. Barrel House Mama 07. Old, Old Woman 08. Mean Black Snake 09. The Woman I Love 10. All Night Party 11. Heart Breaking Woman 12. Watchin' My Stuff 13. Ragged And Hungry 14. Somebody Changed The Lock 15. Stumbling Block Blues 16. Highway Blues 17. Shake Baby Shake 18. Number Nine Blues 19. Drunk Again 20. Shim Sham Shimmy 21. Ain't No Meat On De Bone 22. The Blues Got Me Rckin' 23. Tongue Tied Blues 24. Please Tell Me Baby 25. Walkin' Upside Your Head 26. Rub A Little Boogie 27. Camille

2 comentários:

Игорь disse...

Olá ;)

salvei os espelhos...

Depois se quiser me explique o motivo(s) da ameaça.

beijos e volto depois ;)

Pedro from Argentina disse...

Thanks for The Complete Blue Horizon Sessions.Unfortunately Part 1 has an error, track 1 is missing.I tried 2 times with the same mistake.Could you please repost part 1 or at least track 1?.Regards.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...