sid & nancy

sid & nancyO corpo de Nancy Spungen, 20 anos, foi encontrado em outubro de 1978 em um quarto no ‘Chelsea Hotel’ em Nova York, onde ela e Sid Vicious se hospedavam. Vestida com apenas roupas íntimas, ela morreu esfaqueada. Sid Vicious, 21 anos, foi preso no mesmo dia e acusado de assassinato, passou alguns meses na prisão e estava em liberdade condicional quando em fevereiro de 1979, uma overdose de heroína fez o maior ícone do punk rock inglês de todos os tempos entrar para a história como mais um protagonista do lema ‘viva rápido, morra jovem’. Encerrava-se a carreira do polêmico baixista que não sabia tocar uma nota sequer e substituiu Glen Matlock no ‘Sex Pistols’. Era Johnny Rotten, o vocalista, quem o fazia decorar as notas no instrumento. A morte de Vicious foi considerada o fim do punk legítimo.

Sid & NancyAlex Cox, diretor britânico que nutria simpatia pelo punk, em 1986, contou a história do trágico romance entre Sid Vicious e Nancy Spungen em ‘Sid and Nancy: Love Kills’, mostrando como a vida de John Simon Ritchie-Beverly, nome de batismo de Sid Vicious, já tumultuada e autodestrutiva foi potencializada com a chegada da namorada Nancy Spungen. Dois desajustados sociais que literalmente se amaram até a morte. Nancy Spungen trabalhava num bordel em Uptown onde havia quartos temáticos. Antes ela já tinha namorado astros do rock como Ron Wood, Keith Richards e viajou em turnê com o Aerosmith. Nancy era do tipo sadomasoquista. O punk rock, com toda a sua rebeldia e agressividade, conquistou os jovens contestadores dos anos 70 e se tornou um instrumento de protesto. Os ‘Sex Pistols’ sintetizavam toda essa revolução musical e Sid Vicious, problemático e revoltado se encaixou no perfil da banda. Tudo caminhava bem, até Sid conhecer a groupie Nancy Spungen, a Yoko Ono punk, com quem começou a dividir loucura, droga, sexo, violência e escândalos. Uma relação de altos e baixos que afastou Sid da banda e da vida.

sex pistolsGary Oldman incorporou Sid Vicious e Chloe Webb no papel da detestável Nancy Spungen impressionam. Com este filme, o ator Gary Oldman começou a chamar a atenção de Hollywood, para outros papéis de sucesso. Courtney Love, a Yoko Ono do grunge, a odiosa viúva de Kurt Cobain, falecido líder do 'Nirvana', impressionou o diretor Alex Cox, e esteve perto de interpretar Nancy Spungen, mas acabou ficando com um papel secundário, uma das amigas junkies de Nancy, já que os investidores queriam uma atriz com mais experiência e a escolhida foi Chloe Webb.

Para marcar os 25 anos da morte de Sid, em 2004, foi lançado na Inglaterra ‘Vicious – Too Fast To Live...’ escrito por Alan Parker que, como jornalista, começou a coletar dados sobre o punk rock. Para o autor, produtor e diretor, a overdose fatal de Sid Vicious não foi acidental e ele não esfaqueou e matou sua namorada. Para Parker, a morte de ambos foi provocada pela mesma pessoa, o traficante Rockets Redglare, que também morreu por overdose de heroína, em 1999. Parece que as investigações de Parker fazem mais sentido do que os boletins oficiais da polícia nova-iorquina. Em 2009, no 30º aniversário da morte de Sid Vicious, o mesmo Alan Parker, que não acreditava que Vicious era inocente até 1999, lançou o filme ‘Who Killed Nancy?’ onde reforça a afirmação de que o baixista do ‘Sex Pistols’ não matou Nancy Spungen. Anne Beverley, mãe de Sid Vicious, nunca desistiu de provar a inocência do filho.

O ex-líder Joe Strummer do ‘Clash’, banda formada em 1976 na primeira onda do punk rock britânico, escreveu a canção tema do filme, ‘Love Kills’. Contribuíram também ‘The Pogues’, banda inglesa que faz uma mistura da música tradicional irlandesa e inglesa com influência do punk e jazz; ‘Circle Jerks’ banda de hardcore punk estadunidense caracterizada por canções com durações mínimas e letras irônicas e bem-humoradas, muitas vezes tratando da sexualidade de forma explícita e debochada, a começar pelo nome da banda; ‘Pray for Rain’ uma companhia de produção e gravação de músicas para trilhas sonoras de filmes; Steve Jones guitarrista fundador do ‘Sex Pistols’; John Cale compositor, cantor, compositor e produtor musical galês, que foi um membro fundador da banda de rock experimental ‘The Velvet Underground’; e o ator Gary Oldman como Sid Vicious em duas faixas, uma delas, ‘My Way’, pela qual Sid tinha recebido pouco antes do assassinato de Nancy, de Malcolm McLaren, empresário dos ‘Sex Pistols’, uma grande quantia de dinheiro referente aos royalties da música.

steve jones - pleasure and pain


sid & nancy (1985)

Sid & Nancy (1985)

Tracklist
01. Love Kills - Joe Strummer
02. Haunted - The Pogues
03. Pleasure And Pain - Steve Jones
04. Chinese Choppers - Pray For Rain
05. Love Kills - Circle Jerks
06. Off The Boat - Pray For Rain
07. Dum Dum Club - Joe Strummer
08. Burning Room - Pray For Rain
09. She Never Took No For An Answer - John Cale
10. Junk - The Pogues
11. I Wanna Be Your Dog - Gary Oldman
12. My Way - Gary Oldman
13. Taxi To Heaven - Pray For Rain

5 comentários:

carol sakurá disse...

Punk relamente...rs.
Progressivo som!
Beijos!

amicuscine disse...

Mara, parabens pela oportunidade que você nos proporciona em conhecer com mais profundidade as ideias e os ideais destes roqueiros maravilhosos.
Aguardo com ansiedade que você nos brinde com esta banda maravilhosa dos anos 80 o "The Class" que emplacou "Quatro" discos entre os "cem" melhores por ocasião do 50th do Rock [2004] e que no livro "1001-discos-para-ouvir-antes-de-morrer" emplacou DOIS
Grato pelas "tamaras"
amicuscine

amicuscine disse...

Você fez referencia a Banda Inglesa que aprecio ...
Receba doces tâmaras,
Você comentou:
"ex-líder Joe Strummer do ‘Clash’, banda formada em 1976"
Sugiro apresentar para todos nós esta excelente banda "The Clash"
Grato
amicuscine

mara* disse...

sim amicus! como você, no primeiro cometário, referiu-se a 'the class' pensei tratar-se de uma banda que eu desconhecia...resolvido o problema...vou postar o 'the clash'.

adoro a doçura das tâmaras...rs...compensam a aridez de onde vivem. obrigada.

Игорь disse...

Rssss

Gostei dos termos "odiosa" & "detestável" Yoko Onos ...Rsssss

beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...