the crying game

the crying game‘The Crying Game’ é um ótimo filme britânico, lançado no ano de 1992 foi escrito e dirigido pelo cineasta irlandês, Neil Jordan. O trabalho de Jordan é magnífico, tanto como roteirista quanto como diretor. Original, o filme é uma trama de amor simples, mas dura e surpreendente. Fergus (Stephen Rea), um guerrilheiro do IRA, seqüestra um soldado britânico chamado Jody (Forrest Whitaker) e fica no aguardo de ordens de seus superiores acerca do destino de seu prisioneiro. Mas com o passar do tempo, os dois acabam se aproximando e criando um laço de amizade, fazendo com que Dil (Jaye Davidson), a namorada do soldado britânico, acabe se envolvendo com o guerrilheiro. Começa interessante, abordando a Síndrome de Estocolmo. Muito comentado e controverso na época de seu lançamento, traz performances magistrais em um roteiro provocante, inteligente e repleto de nuances e segredos. No elenco, os maiores destaques são as brilhantes atuações de Stephen Rea, Miranda Richardson, Forest Whitaker e a intrigante estréia de Jaye Davidson, indicado ao prêmio de coadjuvante, impressiona pelo seu personagem e interpretação. Um dos melhores e mais polêmicos filmes dos anos 90, a direção de Jordan também é notável, sensível e sem cair em clichês ou vulgaridades. ‘The Crying Game’ leva à reflexão sobre a verdadeira natureza da mentira, do amor e da escolha.

Stephen Rea & Jaye Davidson

Stephen Rea & Jaye Davidson

Boy GeorgeA hipnótica música tema, é interpretada pelo cantor britânico Boy George do grupo ‘Culture Club’, uma das bandas pop mais conhecidas do movimento ‘new romantics‘ da década de 80 ao lado de Duran Duran e Visage. Seus integrantes eram Boy George (voz), Roy Hay (guitarra e teclados), Mikey Craig (contrabaixo) e Jon Moss (bateria). Boa parte da repercussão do grupo foi em decorrência da androginia de Boy George, que ainda acentuava essa característica com roupas, maquiagem e postura feminina. O ‘Culture Club’ tornou-se a primeira banda, desde os ‘Beatles’, a emplacar três hits no top 10 da Billboard em seu álbum de estréia. No entanto os conflitos entre os integrantes, e os problemas de Boy George com drogas levaram à separação do grupo. Em 1986, Boy George é preso por porte de drogas, e o tecladista Michael Rudetski é encontrado morto por overdose de heroína na sua casa. Boy George é internado em uma clínica para tratar sua dependência, e retorna ao mercado em 1987, iniciando sua carreira solo. Cria o selo 'More Protein' para lançar seus próprios discos e, retorna às paradas musicais, com a canção 'The Crying Game'. Obtém grande sucesso como DJ, área na qual trabalhou antes do sucesso com o 'Culture Club' e com a qual voltou a trabalhar alguns anos após o término da banda. Em 1995, lançou seu primeiro livro, a autobiografia 'Take it Like A Man', que se tornou um best seller na Inglaterra e nos Estados Unidos. Também mantém uma grife, intitulada 'B-Rude', com loja própria na cidade de Londres. Em 2006, foi condenado por ligar para a polícia americana e simular um assalto em seu apartamento em Nova York. A polícia encontrou cocaína e lhe aplicou como pena a limpeza das ruas durante uma semana.

boy george - the crying game


soundtrack - The Crying Game (1993)

The Crying Game (1993)

Tracklist
01. Crying Game - Boy George
02. When a Man Loves a Woman - Percy Sledge
03. Live for Today [Orchestral] - Cicero, Sylvia Mason James
04. Let the Music Play - Carol Thompson
05. White Cliffs of Dover - The Blue Jays
06. Live for Today [Gospel] - Cicero, Sylvia Mason James
07. Crying Game - Dave Berry
08. Stand by Your Man - Lyle Lovett
09. Soldier's Wife
10. It's in My Nature
11. March to the Execution
12. I'm Thinking of Your Man
13. Dies Irae
14. Transformation
15. Assassination
16. Soldier's Tale

Um comentário:

Игорь disse...

Jaye Davidson ....

Este ai anda sumido .

Creio que sua filmografia é curta .

Talvez por causa do Stargate .

( Rsss nada como árdua consulta à pitoniza Google )

beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...