ópera: Pagliacci (versão em russo)

A ópera de Ruggero Leoncavallo, 'I Pagliacci', é um vibrante melodrama e uma história de amor e ciúmes na sociedade siciliana. Baseia-se num acontecimento real ocorrido em Calabria, onde um crime passional aconteceu no seio de uma companhia de cômicos ambulantes. Esta ópera foi estreada no Teatro dal Verme, em Milão a 21 de Maio de 1892. Ruggero Leoncavallo é recordado quase exclusivamente devido a esta ópera que, juntamente com a ópera 'Cavalleria Rusticana' de Pietro Mascagani, se tornaram os pontos altos do movimento italiano 'verismo' no final do século XIX. Movimento este que se opunha ao positivismo e defendia que os autores não devem impôr as suas interpretações e pontos de vista pessoais no seu trabalho. Encontrei uma versão de 1959 que é no mínimo curiosa, a ópera é toda cantada em russo, menos no que diz respeito à parte que cabe ao palhaço Canio, interpretado por Mario Del Monaco, que por sua vez só canta em italiano. No final das contas, tudo se harmoniza, pois todos falam um só idioma: a linguagem universal da música. Para mim foi uma grata e emocionante surpresa encontrar e ouvir esta versão, por descender de russos e poloneses.

'I Pagliacci', com os personagens Canio, Tonio, Peppe, e Silvio, continua uma das mais populares obras do repertório de ópera.

opera pagliacci - bolshoi (1959)

I Pagliacci (1959)

(Solistas, Coro e Orquestra do Teatro Bolshoi)
Maestro - Vladimir Nebolsin
Canio - Mario Del Monaco
Nedda - Leokadia Maslenikova
Tonio - Alexei Ivanov
Peppe - Nikolai Timchenko
Silvio - Evgeny Belov

3 comentários:

Игорь disse...

Ópera em russo !!!


Por onde navegas Mara ?? Não conte ;) se contar perde-se a graça Rssss

Acabei de fazer um concurso e estou m-o-i-do .

Até a próxima transmissão blogueira :)

Borboletas de Jade disse...

A ópera é um divisor de agua entre o entendimento e a sublime musica lírica. Não basta só ouvir ou entender mais sentir o que pra uns é um ato berrante quando uma força maior a do que o saber molda um conjunto que na verdade é um teatro de peças cômicas ou dramáticas mais de um jeito especial que é no uso da maravilhosa criação divina - a voz humana, a sua grande essência. I Pagliaccié uma ópera trágica em dois atos de Ruggero Leoncavallo que demonstra claramente isso. "Uma vez um homem foi procurar ajuda ao psiquiatra por queixar-se de depressão e sentir-se vazio; eis que o médico o receita 'Vá para a cidade! Pois o circo estará lá esta noite. Vá se divertir um pouco!'. O paciente, frustrado, levanta-se e, antes de sair do consultório, olha para o médico e diz 'Mas doutor... eu sou o palhaço!" - Com base nesse apócrifo que a ópera Pagliaccié se baseia.

mara* disse...

A ópera é um show sobre seres humanos reais. Todos somos Pagliacci, mantemos as aparências, sorrindo perante o púbico, mas quando sozinhos, à noite em nossos quartos solitários, choramos, sofremos e no dia seguinte escondemos as lágrimas com sorrisos vazios.

Realmente, para muitos a ópera não passa de um ato berrante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...