annie lennox

annie lennoxIntérprete inigualável de formação clássica a escocesa Annie Lennox canalizou as suas alegrias e mágoas pessoais nas suas músicas e apareceu nos palcos como a rainha do glamour loiro dos anos 80. Mas, ao contrário de alguns astros da música pop que escondem a falta de talento por trás de figurinos polêmicos, Annie Lennox é também uma cantora talentosa e poderosa. Primeiro ganhou atenção nacional no duo ‘Eurythmics’, e junto com o parceiro Dave Stewart criou uma música misteriosa e taciturna que abraçou a paixão e o otimismo, o desapego e o desespero. É dela o tom inesquecível de 'Sweet dreams', um dos grandes hits. Depois do fim de ‘Eurythmics’, Lennox provou seu talento como artista solo em 1992 com os discos de platina ‘Diva’ e ‘Medusa’, quando também se revelou como compositora. Lennox percorreu um longo caminho para a fama e a fortuna. Ela cresceu na cidade portuária de Aberdeen, na Escócia, onde sua família morava em um bairro de classe operária. Seu pai, um estivador, adorava música e era talentoso na gaita de foles. Ele incentivou a filha a estudar flauta e piano, e com 17 anos, Annie ganhou uma bolsa de estudos para a prestigiosa ‘Royal Academy of Music’ em Londres. No entanto, seus três anos de estudo foram infelizes: todas as meninas pensavam ser Maria Callas. Entretanto, em seu apartamento em Londres, Annie trabalhava em suas próprias composições e cantando explorou um novo território musical. Descobriu o trabalho de dois músicos que muito a influenciaram, a cantora e poetisa canadense Joni Mitchell e Stevie Wonder. Lennox também continuou a ouvir as canções populares escocesas que ela tanto amava desde a infância. Três dias antes de seus exames finais na Academia, Lennox, de repente, saiu para nunca mais voltar. E nos anos seguintes ela trabalhou em uma série de estranhos empregos enquanto cantava com vários grupos, nenhum deles conhecido.

Em 1977, ela estava decidida a abandonar seus sonhos de tornar-se cantora e compositora e planejava uma carreira de professora de música quando Dave Stewart entrou no restaurante onde Lennox trabalhava. Stewart era outro músico em dificuldades, cuja experiência variava de música medieval para as canções de Bob Dylan. Dedicando-se à música desde os 15 anos, ele tinha conseguido se apresentar com vários grupos moderadamente bem-sucedidos, mas a sua carreira estagnou após problemas com drogas e um grave acidente de automóvel. Na época, que ele conheceu Lennox, ele e o cantor e compositor Peet Coombs estavam tentando encontrar trabalho em Londres. E a partir desse momento, Annie e Stewart viveram juntos, e fizeram música juntos, por cerca de quatro anos. Com Peet Coombs, Lennox e Stewart foi formado o grupo ‘Catch’, rebatizado mais tarde como ‘The Tourists’, um grupo bem sucedido que gravou três álbuns e fez turnês por todo o mundo, mas nenhum dinheiro. Desiludidos e envolvidos em disputas com a gravadora, o grupo se separou em 1980. O relacionamento romântico entre Stewart e Lennox também desmoronou. Mas, concordaram que a relação musical era intensa e permaneceram bons amigos e, consequentemente, continuaram como duo e nomearam-se ‘Eurythmics’ e gravaram seu primeiro álbum, ‘In the Garden’ em um estúdio da Alemanha Ocidental. O álbum nunca lançado nos EUA não conseguiu fazer muito nas paradas inglesas. Stewart foi submetido a uma cirurgia de pulmão no momento de seu lançamento e foi incapaz de promover o álbum. Insatisfeitos, Lennox e Stewart decidiram criar seu próprio estúdio de gravação. Primeiro alojaram-se em um sótão, depois mudaram para uma igreja do século XVI onde Stewart começou a experimentar sons musicais incomuns e uma grande variedade de instrumentos e técnicas de sintetizadores. E assim nasceu o primeiro hit ‘Sweet Dreams’ que transformou ‘Eurythmics’ em celebridade internacional.

annie lennox & dave stewart

Annie Lennox & Dave Stewart
(Eurythmics)

‘Touch’, lançado em 1984, rendeu mais singles de sucesso, incluindo ‘Here Comes the Rain Again’ e ‘Right by Your Side’. Esse foi também o ano que Lennox chocou muitos com sua aparição no Grammy Awards. Através de vídeos, ela se tornou conhecida por seu curto cabelo tingido de laranja. No Grammy, ela entrou no palco para cantar ‘Sweet Dreams’ vestida como Elvis Presley, e com as devidas costeletas. Lennox explicou que o seu travestismo, muitas vezes comparada com a de David Bowie, é simplesmente uma reação ao brega, imagem tão explorada por cantoras. Embora ela tenha se estabelecido como masculinizada, ela explorou igualmente apresentações fascinantes, tipicamente femininas, e foi nomeada em 1983 pela revista ‘Playboy’ como uma das dez mulheres mais bonitas do mundo. Perturbada por ataques graves de depressão e com problemas recorrentes em suas cordas vocais foi forçada a descansar a voz tanto quanto possível. Em 1984, na Alemanha, em uma turnê mundial, ela conheceu Radha Raman, um alemão ligado ao movimento Hare Krishna que deu a ela a cura homeopática. No ano seguinte, Lennox e Raman estavam casados, mas a união durou apenas 14 meses. Apesar de seus problemas pessoais, a criatividade de Lennox estava em um ponto alto. Mesmo assim, a parceria de Lennox com Stewart foi se deteriorando, e, embora a dupla nunca tenha oficialmente se dissolvido, após a turnê de 1990, Lennox simplesmente voltou para a sua residência em Londres, ficou grávida do cineasta Uri Fruchtman, com quem se casou em 1987, e começou, pela primeira vez, sozinha, a escrever canções desde que se juntou com Stewart. Seu primeiro álbum solo ‘Diva’, é um auto-retrato estilizado.

annie lennox

Na sua carreira de 26 anos, tanto no ‘Eurythmics’ como artista solo, entre os feitos desta escocesa contam-se 34 singles de sucesso. Contribuiu ainda com ‘Love Song for a Vampire’ para a trilha sonora do filme 'Drácula de Bram Stoker', dirigido por Francis Ford Coppola e em 2004 colaborou para a trilha sonora do filme ‘The Lord of the Rings: The Return of the King’ com a música 'Into the West' com a qual ganhou um Oscar. Fascinada por fotografia, ao longo dos anos deixou-se fotografar por verdadeiros mestres ou por simples colecionadores de imagens. Foram muitas fotos encenadas por ela ou não, onde aparece com a graça que sempre a caracterizou: ar misterioso e profundo, rosto perfeito, olhos cristalinos, lábios finos e uma beleza andrógina. Ativista dinâmica fundou a organização humanitária ‘The SING Campaign’, para aumentar a sensibilização e apoio para a epidemia do HIV na África. Recebeu o prêmio ‘Red Cross Services to Humanity’, em 2008 foi eleita a ‘Mulher Inspiradora do Ano’ e cantou na cerimônia de comemoração do 90.º aniversário de Nelson Mandela.

annie lennox - why


eurythmics - greatest hits (1991)

Eurythmics: Greatest Hits (1991)

Tracklist
01. Love Is A Stranger 02. Sweet Dreams (Are Made Of This) 03. Who-s That Girl? 04. Right By Your Side 05. Here Comes The Rain Again 06. There Must Be An Angel (Playing with My Heart) 07. Sisters Are Doin’It For Themselves (with Aretha Franklin) 08. It’s Alright (Baby’s Coming Back) 09. When Tomorrow Comes 10. You Have Placed A Chill In My Heart 11. Miracle Of Love 12. Sex Crime(1984) 13. Thorn In My Side 14. Don’t Ask Me Why 15. Angel 16. Would I Lie To You? 17. Missionary Man 18. I Need A Man

annie lennox - the annie lennox collection (2009)

The Annie Lennox Collection (2009)

Tracklist
01. Little Bird 02. Walking on Broken Glass 03. Why 04. No More I Love You's 05. Precious 06. A Whiter Shade of Pale 07. A Thousand Beautiful Things 08. Sing (Full Length) 09. Pavement Cracks 10. Love Song for a Vampire 11. Cold 12. Dark Road 13. Pattern of my Life 14. Shining Light

Um comentário:

Silêncio. disse...

Gosto muito de tudo de Annie Lennox, principalmente "Why" e esta que postou ainda ontem a ouvi.
Beijos no coração.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...